CLUBE IMPRESSO ACERVO COVID
Por sonho no profissional do Santos, Moraes se diz pronto para o Brasileiro sub-23
Atacante é um dos destaques da equipe que estreia na competição nacional diante do Corinthians nesta quinta-feira (10)
Por: Fúlvio Feola  -  09/06/21  -  09:31
Moraes se prepara a disputa do Brasileiro de Aspirantes   Foto: Foto: Ivan Storti / Santos FC

O atacante Moraes, de 21 anos, é conhecido no Santos por sempre ter se destacado nas categorias de base. Só que chegou o momento dele exibir seu talento no time profissional. Enquanto o técnico Fernando Diniz não lhe dá uma oportunidade, Moraes se prepara para a disputa do Campeonato Brasileiro de Aspirantes. O Peixe estreia nesta quinta-feira (10), contra o Corinthians, às 15 horas, no Parque São Jorge. Moraes está focado na competição, mas destaca que vai trabalhar para atuar no time de "cima".


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


"A expectativa é das melhores. Um clube do tamanho do Santos entra para ser campeão em todos os campeonatos que for disputar. Além disso, é um grande torneio para buscarmos nosso objetivo de atuar pela equipe principal. Acredito que todo o time entra focado para agarrar as oportunidades que surgirem e ser campeão", disse o atacante.


Na temporada passada, Moraes atuou no time profissional do Maringá, pelo Campeonato Paranaense. Ele explica como essa experiência pode lhe ajudar na competição sub-23.


"A experiência que eu tive no Maringá foi fundamental para o decorrer da minha carreira, pois amadureci e evolui demais no clube. Esta será minha primeira partida oficial em meu retorno ao Santos e creio que tudo o que aprendi no Paraná agregará ao meu crescimento profissional."


O time comandado pelo técnico Edinho foi mal no ano passado. Nesta mesma competição, o Peixe caiu na primeira fase. Moraes diz que lição pode ser tirada desta saída precoce.


"No ano passado, iniciamos bem a competição. Infelizmente, tivemos alguns tropeços ao longo do torneio e, no fim da disputa da fase de grupos, ficamos dependendo de combinações de resultados e fomos eliminados. Creio que uma das maiores lições que tiramos foi de manter a constância ao longo de todo o Brasileirão. Já iniciamos o campeonato com esta mentalidade de manter o alto ritmo em todos os jogos."


Santos e Corinthians têm rivalidade em qualquer categoria ou modalidade, isso é fato. No sub-23, não será diferente. Moraes acredita que encarar um clássico logo na estreia já servirá de "termômetro" para o restante da competição.


"Clássico é uma partida que todos os grandes jogadores gostam de jogar. A equipe ficou um longo período sem atuar, acredito que iniciar uma competição frente ao seu rival já é um grande termômetro para termos ao longo do campeonato. Trabalhamos forte para não sentirmos a falta de ritmo de jogo e estamos preparados para entrar em campo e se doar ao máximo para sair com a vitória", finaliza o atacante.


Moraes tem multa milionária com o Peixe e vínculo até 30 de junho de 2022.


Tudo sobre: