CLUBE IMPRESSO ACERVO COVID
Casal de comerciantes de Guarujá sofrem tentativa de sequestro; ladrões conseguiram fugir
Criminosos bateram carro roubado da vítima em um poste durante perseguição policial e conseguiram fugir
Por: ATribuna.com.br  -  09/06/21  -  17:20
Câmeras registraram parte da perseguição da PM em Guarujá   Foto: Reprodução/Plantão Guarujá

Um casal sofreu um assalto e tentativa de sequestro por ladrões armados, em Guarujá, na noite de segunda-feira (7). Os criminosos tentaram fugir com o veículo roubado das vítimas, mas acabaram batendo em um poste, fugindo logo em sequência. Até o momento, ninguém foi preso. Câmeras de monitoramento mostram o momento em que a PM persegue os suspeitos.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Segundo registro do boletim de ocorrência, o casal estava fechando o estabelecimento em que são proprietários quando, por volta das 23h, foram rendidos por homens armados que anunciaram o assalto.


A mulher, de 29 anos, foi levada até uma área de matagal, onde permaneceu rendida por quatro suspeitos, enquanto que o homem, de 31, foi obrigado a levar outros três ladrões até um imóvel da família. Na residência, os bandidos roubaram objetos e saíram do local com um carro das vítimas, com o comerciante feito refém.



A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência. No caminho, populares indicaram o suposto caminho tomado pelo veículo conduzido pelos suspeitos, com a vítima dentro dele. A PM seguiu o caminho indicado, quando o motorista do veículo teve que diminuir a velocidade para fazer uma conversão, quando um homem no banco traseiro efetuou um disparo contra a polícia.


Depois disso, o motorista perdeu o controle do carro e bateu contra um poste. Os suspeitos deixaram o local e fugiram, abandonando a vítima e os itens roubados. A polícia localizou um revólver calibre 38, municiado com cinco cartuchos. Dentro do veículo, localizaram uma caixa com três garrafas de bebidas alcoólicas, três frascos de perfume, um aparelho celular e 835 reais em dinheiro.


Em depoimento, o comerciante afirmou que os criminosos utilizavam um aparelho celular e que se comunicavam de forma ininterrupta com os suspeitos que estavam em poder de sua esposa, que posteriormente foi liberada.


O veículo roubado foi devolvido para as vítimas, assim como todos os demais produtos roubados. O caso foi registrado como roubo e disparo de arma de fogo pela Delegacia de Guarujá. Os criminosos, até o momento, não foram localizados.